Custom Search

 

 

Translate this Page

Rating: 3.1/5 (5435 votos)



DIVISÃO 

 

Dicas de como ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

DIVISÃO

ORAÇÃO

SACERDOTAL DO SENHOR

JESUS CRISTO

 

 

 

0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI ↓

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

 DIVISÃO

Seu pedido de oração aqui 

Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança. Salmos 4:8
salmos
 

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS 
CURIOSIDADES


JESUS, O SENHOR DA VIDA

JESUS

Cristo é o Senhor da vida e o Homem perfeito, cujas mãos eram limpas. Para livrá-lo de Herodes, José e Maria levaram Jesus para o Egito, salvando-lhe a vida, de acordo com a orientação divina. Só assim Jesus poderia voltar a Israel e exercer a magnífica obra de redenção confiada a ele pelo Pai. Mais tarde, em vez de vingar-se, matando os criminosos, Jesus morreu por eles, dando-lhes oportunidade de arrepender-se e voltar-se para Deus.

O lamento de Raquel, uma das matriarcas de Israel, representa a dor e o clamor das mães das vítimas. Mas esse clamor não chegou aos ouvidos de Herodes. Ele acabava de retirar-se, presa de terríveis enfermidades, para as margens de Kalioy, junto ao mar Morto. Além disso, o coração dele não era sensível a clamores dessa natureza. O que poderia representar para Herodes a morte de vinte ou trinta filhos de pastores sem nome? Ele não poupou nem os seus próprios filhos, e o exercício de seu reinado se compôs, sobretudo, de atos criminosos.

Eram terríveis os sentimentos de terror e hostilidade que sua pessoa despertava. Seu cadáver foi trasladado com grandes pompas até o mausoléu do Herodium, o atual Djebel Fureidis, um imenso monte de terra dura, velado pelos ventos. A noroeste, a uns seis quilômetros de distância, está Belém e os ossos já pulverizados dos inocentes que ele mandou matar. Cabe, pois, aqui mais algumas informações e recapitulações de dados sobre Herodes, o Grande.

Toda a Judeia vivia, nos últimos anos de Herodes, numa espécie de cerco. Os fortes serviam não só contra inimigos, como também e especialmente para manter em submissão e respeito o próprio povo. Quem fosse levado como prisioneiro para Ricâmel, desapareceria para sempre de modo idêntico a João, na fortaleza de Maqueros (ou Maqueronte). Proibida era qualquer reunião, até mesmo uma caminhada em grupos.

Até os últimos dias de sua vida, Herodes soube granjear, por visitas e outros meios, o favor do imperador Augusto. No ano 30 a.C., procurou-o na ilha de Rodes; depois o recebeu em Ptolemaida, já em solo palestinense, seguindo-o até o Egito. No ano 20 a.C., estando Augusto na Síria, foi prestar-lhe suas homenagens; no ano 18 a.C., foi novamente a Roma, a pretexto de buscar seus filhos Alexandre e Aristóbulo, educados em casa de Assíneo Pólio, perto da corte imperial. No ano 12 a.C., procurou mais uma vez o imperador em Aquileia, para acusar os próprios filhos Alexandre e Aristóbulo. Sendo Menênio Agripa muito estimado por Augusto, Herodes tudo fez para obter a amizade de Agripa, multiplicando-se entre as visitas e as conversas.

Herodes não gozou por longo tempo da fictícia segurança que ele havia procurado com sua conduta repugnante. De acordo com Josefo, o monarca morreu em princípios de abril do ano 750 de Roma, o que equivale ao ano 4 antes do início da era cristã, muito pouco depois daquela inútil crueldade em Belém. Ele tinha, então, 70 anos e havia reinado trinta e sete. Não se pode ver menos do que a mão vingadora de Deus nos horrorosos sofrimentos que Herodes teve de suportar durante a enfermidade que o levou ao sepulcro.

Conta o historiador Josefo:

Um fogo interior o consumia lentamente. Por causa das horríveis dores no ventre que ele sentia, era impossível matar a fome ou ingerir qualquer alimento. Quando estava de pé, não podia respirar. Seu fôlego exalava odor de podre, e em todos os seus membros ele experimentava continuamente câimbras. Sentindo que já não seria curado, foi colhido de amarga raiva, porque supunha, e com razão, que todos iam alegrar-se com a sua morte. Mandou, pois, que se juntassem no anfiteatro de Jericó os personagens mais ilustres e ordenou à sua irmã Salomé que os degolasse assim que ele exalasse o último suspiro, para que não faltasse lágrimas na ocasião de sua morte.

Afortunadamente, Salomé não executou esta ordem. Como suas dores aumentavam momento após momento e ele estava atormentado pela fome, Herodes quis dar em si mesmo uma punhalada, mas o impediram. Ele morreu, finalmente, no ano 37 do seu reinado.

Herodes foi sepultado com funerais esplêndidos. Um cortejo verdadeiramente real o conduziu de Jericó ao Herodium, em uma cama de ouro. Seu cadáver vestido de púrpura e adornado co pedras preciosas, ostentando cetro e coroa, tinha ao redor vários servos queimando incenso. Mas a maldição de seu povo e a de Deus pesavam sobre ele.

Jesus

Ao ordenar que José fugisse para o Egito, o mensageiro celestial que lhe aparecera em sonhos havia lhe anunciado que ele seria informado quando chegasse o momento de voltar à Palestina (Mt 2.13). E foi o que aconteceu. Quando o tirano morreu, um anjo revelou a José em sonho que o tempo de sua volta havia chegado, ordenando-lhe: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel, porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino (Mt 2.20). José se levantou, pegou Jesus e Maria, e voltou para a Palestina louvando a Deus.

Depois de mencionar este feliz acontecimento, Mateus citou outra passagem do Antigo Testamento na qual viu a figuração profética da volta de Jesus ao solo da Terra Santa. A permanência de Jesus no desterro estava dentro da intenção divina, para que se cumprisse o anunciado pelo profeta Oséias: Do Egito chamei a meu filho (Os 11.1).

O profeta acabava de descrever com enérgico traços a ingratidão de Israel para com o seu Deus. Aos contínuos atos de idolatria e às inumeráveis desobediências ao Senhor havia contraposto o Seu amor infatigável. Como prova deste amor paternal, Ele lembra a libertação do jugo dos egípcios, aquele grande acontecimento com o qual se inaugurou a história dos hebreus como nação privilegiada do céu: Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho (Os 11.1).

O que em outro tempo havia acontecido com Israel, a quem o Senhor se dignara de chamar de filho dele em sentido figurado, acabava de acontecer também com Jesus, o Filho de Deus no sentido mais completo da palavra. O destino do filho adotivo havia sido deste modo uma tipificação do Filho verdadeiro: conduzidos Israel e Jesus ao Egito, ambos foram retirados dali em singulares circunstâncias, que têm entre si mais de uma analogia. O paralelo histórico sublinhado pelo evangelista não necessita, pois, de fundamento.

Encaminhado por Deus até a Galileia, José não teve dúvidas acerca do lugar onde haveria de estabelecer-se, pois já antes do nascimento de Jesus tinha vivido com Maria em Nazaré. Ali, pois, ele fixaria definitivamente sua residência, e Jesus poderia crescer em paz depois de tantos perigos e fadigas.

E cresceu Jesus, com tanta graça e beleza, que todos que O ouvia, se maravilhavam de Sua doutrina! (Mt 7.28; 13.54; 22.33; Lc 4.32; Mc 6.2; 11.18; At 13.12)

 

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Mateus 11:28

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

divisão 

DIVISÃO

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

DIVISÃO

 

Aceite a Jesus! - Clique aqui!

Active Search Results

 DIVISÃO

DIVISÃO 
Dicio.com.br

 

DIVISÃO

Gospel+

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

 

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias